A Elaboração Onírica (1916) [Orientação de Leitura]

A elaboração onírica (1916) ; O trabalho do sonho (1916) Como já visto na Conferência VII, há uma deformação do sonho latente em sonho manifesto. Esse fenômeno é denominado por Freud como elaboração onírica ou trabalho do sonho. A contraparte do lado do sonhador é o trabalho interpretativo do analista, que pretende fazer o caminho inverso:…Leia mais A Elaboração Onírica (1916) [Orientação de Leitura]

Anúncios

Sobre of Sonhos, Capítulo I (1901) [Orientação de Leitura]

Capítulo I de Sobre os sonhos – (1901) Vol. V Nesse texto, Freud inicia sua exposição sobre os sonhos expondo que na época pré-científica facilmente os homens atribuíam significações mitológicas para seus sonhos, o que com o advento das ciências naturais transformou-se em psicologia. Com o fim das explicações mitológicas, os sonhos em toda a…Leia mais Sobre of Sonhos, Capítulo I (1901) [Orientação de Leitura]

4ª e 5ª lições de Psicanálise (1909) [Orientação de Leitura]

4ª e 5ª Lições de Psicanálise – (1909) Vol. XI 4ª Lição:  SEXUALIDADE Freud mostra a importância da sexualidade nas patologias, enfatizando que a vida sexual é a principal causa das neuroses. Discorre também sobre a incompatibilidade da vida sexual com a sociedade, fato que está diretamente ligado às origens das patologias, justamente a sexualidade.…Leia mais 4ª e 5ª lições de Psicanálise (1909) [Orientação de Leitura]

Uma nota sobre o Inconsciente em Psicanálise (1912) [Orientação de Leitura]

Buscando abordar o sentido atribuído ao termo inconsciente na psicanálise, Freud propõe três concepções possíveis para o termo, elucidando os aspectos centrais da primeira tópica (inconsciente, pré-consciente e consciente). Concepção descritiva Inconsciente como latente, isto é, como capaz de consciência. Identificação do consciente com o psíquico. Nesta significação as representações inconscientes não produzem efeito, uma…Leia mais Uma nota sobre o Inconsciente em Psicanálise (1912) [Orientação de Leitura]

3ª Lição da Psicanálise (1910) [Orientação de Leitura]

3ª Lição Nesta lição Freud descreve algumas das principais manifestações do inconsciente: a associação livre, os sonhos, os atos falhos e as ações sintomáticas e casuais. O que se destaca nessa lição é que o psicanalista “se distingue pela rigorosa crença no determinismo da vida psíquica”. Isto é, pela crença de que não há nada…Leia mais 3ª Lição da Psicanálise (1910) [Orientação de Leitura]

Resumo da Psicanálise (1924) [Orientação de Leitura]

RESUMO DA PSICANÁLISE (1924)   Este texto encontra-se num momento em que a teoria de Freud caminhava para a maturidade. O texto preocupa-se em resumir o percurso teórico da psicanálise até então, pontuando-os em cinco momentos diversos:   I   O objetivo inicial da Psicanálise era compreender a natureza das doenças nervosas ‘funcionais’, indo além…Leia mais Resumo da Psicanálise (1924) [Orientação de Leitura]

Conferências Introdutórias à Psicanálise: Introdução (1916-1917) [Orientação de Leitura]

Para o semestre que se inicia, julgamos interessante iniciar nosso percurso tecendo algumas considerações acerca dos textos freudianos. Podemos dividi-los em dois tipos: a) Textos transcritos de palestras. Elaborados para serem proclamados, não lidos; b) Textos de caráter livresco. Para serem lidos, e não proclamados. A Conferência introdutória encaixa-se no primeiro tipo, dos textos feitos…Leia mais Conferências Introdutórias à Psicanálise: Introdução (1916-1917) [Orientação de Leitura]