A Elaboração Onírica (1916) [Orientação de Leitura]

A elaboração onírica (1916) ; O trabalho do sonho (1916) Como já visto na Conferência VII, há uma deformação do sonho latente em sonho manifesto. Esse fenômeno é denominado por Freud como elaboração onírica ou trabalho do sonho. A contraparte do lado do sonhador é o trabalho interpretativo do analista, que pretende fazer o caminho inverso:…Leia mais A Elaboração Onírica (1916) [Orientação de Leitura]

Anúncios

Terapia Analítica – Conferência XXVIII (1916-17) [Orientação de Leitura]

Terapia Analítica – Conferência XXVIII – Teoria Geral das Neuroses- Conferências Introdutórias à Psicanálise [1916-1917] Sugestão direta: Técnica dirigida contra a manifestação de um sintoma sem a preocupação com seus motivos ou sentido. Existe fora da hipnose também e exprime a ideia de que se remove um sintoma apenas pelos dizeres, como por exemplo “Quando…Leia mais Terapia Analítica – Conferência XXVIII (1916-17) [Orientação de Leitura]

Sobre of Sonhos, Capítulo I (1901) [Orientação de Leitura]

Capítulo I de Sobre os sonhos – (1901) Vol. V Nesse texto, Freud inicia sua exposição sobre os sonhos expondo que na época pré-científica facilmente os homens atribuíam significações mitológicas para seus sonhos, o que com o advento das ciências naturais transformou-se em psicologia. Com o fim das explicações mitológicas, os sonhos em toda a…Leia mais Sobre of Sonhos, Capítulo I (1901) [Orientação de Leitura]

4ª e 5ª lições de Psicanálise (1909) [Orientação de Leitura]

4ª e 5ª Lições de Psicanálise – (1909) Vol. XI 4ª Lição:  SEXUALIDADE Freud mostra a importância da sexualidade nas patologias, enfatizando que a vida sexual é a principal causa das neuroses. Discorre também sobre a incompatibilidade da vida sexual com a sociedade, fato que está diretamente ligado às origens das patologias, justamente a sexualidade.…Leia mais 4ª e 5ª lições de Psicanálise (1909) [Orientação de Leitura]

Uma nota sobre o Inconsciente em Psicanálise (1912) [Orientação de Leitura]

Buscando abordar o sentido atribuído ao termo inconsciente na psicanálise, Freud propõe três concepções possíveis para o termo, elucidando os aspectos centrais da primeira tópica (inconsciente, pré-consciente e consciente). Concepção descritiva Inconsciente como latente, isto é, como capaz de consciência. Identificação do consciente com o psíquico. Nesta significação as representações inconscientes não produzem efeito, uma…Leia mais Uma nota sobre o Inconsciente em Psicanálise (1912) [Orientação de Leitura]

Psicanálise e Psiquiatria (1916-1917) [Orientação de Leitura]

No início do texto, pertencente às Conferências Introdutórias sobre a Psicanálise, Freud apresenta o tema principal que irá abordar: a neurose. Segundo o autor, ela se assemelha às parapraxias (ou chistes) e sonhos, temas já abordados anteriormente e comuns a todos, porém o assunto em questão é um campo menos familiar às pessoas em geral.…Leia mais Psicanálise e Psiquiatria (1916-1917) [Orientação de Leitura]

A Transferência (1916-1917) [Orientação de Leitura]

No início do texto, Freud discorre sobre os fatores determinantes do adoecer: Disposição hereditária Experiências da primeira infância “Frustrações reais”, ou seja, infelicidades/infortúnios decorrentes da vida e a rigidez dos padrões éticos a cuja pressão o sujeito está submetido Menciona em seguida que há uma ideia errônea sobre a terapia psicanalítica, entendendo-se que ela recomenda…Leia mais A Transferência (1916-1917) [Orientação de Leitura]